top of page

DispositivosCardíacos

Dispositivos Cardíacos

São aparelhos que auxiliam o funcionamento correto do coração ou que previnem e tratam condições ameaçadoras à vida do paciente.

Marca-passo

É um pequeno dispositivo implantado embaixo da pele e que tem fios (eletrodos) ligados no coração. Ele monitora o ritmo cardíaco e estimula o coração quando os batimentos ficam abaixo do considerado ideal. A pessoa que tem um marca-passo pode levar uma vida praticamente normal. É recomendado apenas evitar esportes que envolvam contato físico, como lutas. A bateria dura em média de 8 a 10 anos. Deve ser feita revisão anual do dispositivo com um profissional habilitado.

Cardioversor Desfibrilador Implantável (CDI)

É um dispositivo implantado embaixo da pele e tem fios (eletrodos) que são ligados no coração. Ele monitora o ritmo cardíaco durante 24 horas por dia. A diferença para o marca-passo é que se o coração está batendo muito rápido ou mesmo de forma irregular, o dispositivo envia primeiramente pequenos sinais elétricos indolores para o coração a fim de corrigir o ritmo cardíaco.

 

Se o ritmo continuar acelerado ou se for identificada uma arritmia potencialmente fatal, o dispositivo aplica um choque para reestabelecer o ritmo cardíaco normal. A bateria tem vida útil entre 5 e 10 anos. O acompanhamento semestral é importante para avaliar a integridade do dispositivo. Quando o paciente notar que recebeu uma descarga, deve procurar o cardiologista para revisão do dispositivo o mais breve possível.

Ressincronizador Cardíaco

O ressincronizador cardíaco (também conhecido como marca-passo multissítio) estimula as duas metades inferiores do coração (ventrículos) ao mesmo tempo. O objetivo é corrigir uma dissincronia que existe entre eles e que é responsável por uma redução na força do coração. Diferente dos marca-passos habituais, não é necessário o coração ter batimentos lentos para sua indicação.

 

É utilizado em portadores de insuficiência cardíaca congestiva e dissincronia quando o tratamento medicamentoso não é suficiente. A dissincronia ocorre quando o lado esquerdo do coração bate um pouco depois do direito. A consequência é a redução na força de contração cardíaca, piorando os sintomas da insuficiência cardíaca.

Convênios

SSI Saúde
Círculo Saúde
IPAM
Humana Saúde
HG do Coração
Cabergs Saúde
Cassi
Caixa Saúde
GEAP Saúde
bottom of page